peca-para-evento
Sem categoria

I.R do BEM convida para Paletra sobre: Como fazer para ver seu Imposto Renda ser aplicado em sua cidade

0 97

Todo cidadão que paga ou é descontado na fonte o imposto de renda e declara pelo formulário completo pode escolher projetos para destinar até 6% do seu imposto de renda devido

Todos sabem que não são suficientes os recursos para educação, cultura, saúde e esporte. O que poucos sabem é que, Novo Hamburgo, tem disponível aproximadamente R$ 5 milhões, São Leopoldo cerca de R$ 4 milhões e Canoas cerca de R$ 8 milhões que poderiam ser direcionados pelos cidadãos a entidades beneficentes e projetos que promovem a transformação social através das leis de incentivo. Mas apenas em média 10%  foram destinados nas cidades, segundo dados da Receita Federal e do MinC (Ministério da Cultura) de 2015, de acordo com Renato Paixão, diretor jurídico da VR Projetos. Os três municípios do Vale do Rio dos Sinos aqui do rio Grande do Sul tem um potencial em torno de 17 milhões. No Brasil, o Imposto de Renda de todos contribuintes poderiam reverter até 7 bilhões para essas áreas.

Todo cidadão que paga imposto de renda e declara pelo formulário completo pode selecionar projetos para destinar até 6% do seu imposto de renda devido, ao invés de passar para o governo e esses incentivos podem acontecer durante todo ano. A questão é que a maioria das pessoas – mais precisamente 93% da população brasileira e 89% da população gaúcha -, desconhece essa possibilidade ou não sabem exatamente como fazer. Pensando nisso, a VR Projetos (www.vrprojetos.com.br) criou o movimento I.R. do BEM, uma plataforma onde todo cidadão que paga imposto de renda e declara pelo formulário completo poderá selecionar projetos para destinar parte do seu imposto de renda devido.

Para participar basta baixar gratuitamente o App do I.R. do BEM no celular (pelo Google Play ou pelo Apple Store) ou acessar o site IRdoBEM.com.br. O primeiro passo é localizar o simulador e calcular o valor que poderá ser destinado, aí é só escolher os projetos que quer ajudar e preencher o cadastro. Após, recebe o número de uma conta corrente para fazer o incentivo para projetos de cultura e esporte.

“Disponibilizamos projetos já aprovados pelas Leis de Incentivo Federal à Cultura e ao Esporte que promovem a inclusão e transformação social”, explica Paixão. Os recursos destinados podem mudar a história social de uma comunidade e  retornam 100% para quem destina na restituição do imposto de renda, corrigido pela taxa Selic, como se fosse uma despesa médica, que o contribuinte pode abater do imposto a pagar.

Um dos projetos que pode receber recursos, via Movimento IR do BEM, é o FUTSAL Social que transforma positivamente a vida de 500 alunos da rede pública de ensino, de 8 a 15 anos, de 5 comunidades da periferia da cidade de Novo Hamburgo. A ação socioesportiva, idealizada pela UJR (União Jovem do Rincão) há 10 anos, oportuniza a inclusão social e promove a cidadania, através da prática esportiva saudável em um ambiente de relações construtivas, onde a prioridade é a satisfação de todos os participantes na busca do crescimento pessoal e da melhora da auto-estima. Os meninos e meninas recebem uniforme completo, que inclui camiseta, calção, meia, moletom, tênis e boné. Segundo Zeca Brochier, coordenador do projeto, a iniciativa beneficia alunos de 26 escolas públicas, entre municipais e estaduais e mais 15 entidades sem fins lucrativos da região.

61c61ce800615f274d4e8e193b62f860

“Precisamos ter uma nova postura frente aos problemas de nossa sociedade, os projetos de esporte são uma bela oportunidade de transformação social”, lembra Paixão, que conta que o projeto já transformou a vida de muitos jovens. Como no caso de Gabriel Correa, aluno do Futsal Social, que foi encaminhado para as categorias de base da UJR. Ele já foi vice-campeão Estadual Sub-13 em 2014, atualmente está na categoria Sub-15 e foi selecionado à uma bolsa na Escola de Aplicação da Feevale para cursar o 1º ano do Ensino Médio.

“A Universidade Feevale desde cedo apoia o projeto FUTSAL Social por entender que o esporte transforma vidas”, conta Paixão. Segundo ele, a instituição também está engajada numa campanha interna com o auxílio do movimento IR do BEM para que seus colaboradores possam destinar seu imposto de renda para ações que venham a beneficiar a sociedade gaúcha.

Local UNIVERSIDADE FEEVALE
Rodovia RS, 2755, Prédio Multicolor no Campus 2 da Universidade em Novo Hamburgo/RS
Dia: 08/12
Horário das 18:30 às 19:30

CompartilheShare on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on LinkedIn0

About the author / 

admin

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *